Fluxo Digital, Impressão 3D, Impressora 3D

Como melhorar a produtividade do meu laboratório através do fluxo digital?

Makertech Labs
Postado por: Makertech Labs
Publicado em: 26/07/2022

Manter o nível de qualidade do trabalho nunca foi fácil, principalmente quando você está no início da carreira, e não se resume apenas em contar equipamentos de primeira linha, mas também envolve estudos e hábitos que devem partir do profissional, e claro, na área das impressões 3D isso não é diferente.

Por isso, hoje vamos dar algumas dicas para você melhorar a produtividade do seu laboratório através do fluxo digital! Mas antes…

O que é Fluxo Digital?

De maneira bastante resumida: o fluxo digital consiste no uso de equipamentos e softwares, servindo como auxílio para o dentista e técnicos em laboratório  na comunicação , planejamento e tratamento. 

Ele pode ser finalizado em três processos:

  • Aquisição de imagem: o primeiro passo é obter esse arquivo para iniciar o trabalho, sendo ele uma fotografia, um vídeo, ou, o mais importante, o escaneamento 3D, podendo ser o escaneamento do modelo (com um scanner de bancada) ou o escaneamento direto em boca (scanner intraoral).

  • Planejamento virtual: escaneamento, juntamente com as fotos, da arcada dentária do paciente é levado aos softwares de edição onde será feito o planejamento digital, análises faciais e oclusais, estética do sorriso entre outras infinitas possibilidades do digital. E, em sequência, enviando para o próximo passo;

  • Impressão 3D: é hora de tirar o projeto do lado digital e transformar em um projeto físico, ou seja, a impressão é realizada, processada e enviada para o consultório.

Aqui no blog já falamos um pouco mais sobre fluxo digital, seus processos e suas vantagens, você pode conferir clicando aqui

O que eu preciso para implementá-lo no meu laboratório?

Em termos de equipamentos, não são muitos. Você precisará de um computador com um software CAD/CAM e uma impressora 3D. Já para os dentistas é possível investir em um scanner intraoral ou até mesmo encaminhar o paciente para um Scan-Service ou Radiologia.

Vale ressaltar que você precisa estabelecer um processo de trabalho, para ser estruturado e seguido, mantendo um canal de comunicação simples e eficiente entre TPD e dentistas.

Como o Fluxo Digital afetará diretamente a minha produtividade?

Os benefícios são diversos, o processo de moldagem foi substituído pelo escaneamento intraoral e se tornou bem menos invasivo para o paciente, reduzindo o número de visitas e já com a certeza que o tratamento será mais assertivo e com fidelidade. Além disso, o fluxo digital facilitou a transmissão de dados para outros laboratórios, simplificando o processo de trabalho e otimizando o seu tempo.

Além desses benefícios, vale lembrar que a Impressão 3D é uma ferramenta que está a seu favor. Um exemplo clássico é o de placas de bruxismo impressas. Após fazer o projeto da placa, você poderá colocar para imprimir, em média, 3 placas de uma única vez em cerca de 2 horas. Isso faz com que a máquina trabalhe para você enquanto está atendendo ou produzindo outros trabalhos.

Conclusão

O fluxo digital já é uma realidade nos consultórios e laboratórios de prótese  e faz parte de uma nova área, a odontologia digital. Ele melhora a qualidade de trabalho e proporciona ainda mais conforto e segurança para seus pacientes. 

Adotar o fluxo de trabalho significa que seu laboratório é atualizado com as tecnologias e tendências, um diferencial interessante para quem busca se destacar no mercado. Em nosso canal no Youtube explicamos também como você pode ingressar na odontologia digital de maneira simples e barata, clique aqui e confira.

Gostou? Então assine nossa Newsletter para receber conteúdos exclusivos sobre impressão 3D e odontologia digital, siga a Makertech Labs nas nossas redes sociais e não deixe de acompanhar o nosso blog!

Posts mais lidos