Fluxo Digital, Radiologia Digital

Impressão 3D nas Clínicas de Radiologia Odontológica

Rodrigo Klaus
Postado por: Rodrigo Klaus Krummenauer
Publicado em: 7/07/2022

Antes de começar a abordar o tema, impressão 3D em Clínicas de Radiologia Odontológica, vamos fazer uma pergunta rápida e direta. 

Você ainda está moldando o seu paciente e entregando modelos de gesso em sua clínica de radiologia?

Se a sua resposta foi SIM! Prepare-se. 

Neste artigo vamos te explicar um pouco do cenário atual da Odontologia Digital e os rápidos avanços desta tecnologia que podem mudar um pouco a sua visão sobre esses processos, digamos, ultrapassados.

Vamos lá?!

Uma nova realidade

Na rotina das clínicas de radiologia odontológica, os modelos ortodônticos sempre foram um problema, e uma dúvida sempre surge neste momento. 

 Moldar o paciente e submeter a moldagem a empresas terceirizadas para confecção dos modelos de gesso? Ou confeccionar os modelos dentro da própria clínica? 

Particularmente, confesso que sempre preferi terceirizar este serviço para evitar a “sujeira” do gesso dentro do ambiente clínico. Porém, isso gerava um problema. Como esse processo de terceirização era lento, muitas vezes acabava estendendo demais o prazo da entrega dos exames. O que não é uma boa prática nos dias de hoje, em que resultados saem cerca de minutos depois com o uso da tecnologia a nosso favor.

Com a chegada do scanner intra-oral, percebemos que este problema seria resolvido adicionando o serviço de impressão 3D dentro da clínica de radiologia. 

Toda mudança gera um desconforto (que pode ser super benéfico) e muitas dúvidas surgiram no início desse processo de impressão 3D. Porém, logo percebemos que não seria algo que fosse atrapalhar o nosso dia a dia e que fosse difícil de se adaptar. 

Resultado? Em poucos dias aposentamos as moldeiras e passamos a imprimir todos os modelos através da tecnologia 3D.

Custo benefício da Impressão 3D 

Hoje existem diversos tipos de impressoras com custos mais acessíveis para o mercado, o que torna possível reproduzir o escaneamento intra-oral de forma idêntica, com excelente fidelidade de cópia e em tamanho real. Tornando esse setor ainda mais competitivo e abrindo portas para que novos profissionais sejam inseridos no mercado.

Algumas clínicas se tornaram verdadeiros centros de planejamentos, fornecendo guias cirúrgicas e biomodelos. Existem muitas possibilidades além dos modelos de estudo (zocalados). 

E você vai ficar esperando até quando para introduzir a impressão 3D dentro da sua clínica de radiologia?

Gostou do artigo? Compartilhe a sua opinião pelos comentários abaixo e não se esqueça de se inscrever em nossa newsletter.

Posts mais lidos