Impressão 3D, Impressora 3D

Leia este artigo antes de comprar sua impressora 3D!

Makertech Labs
Postado por: Makertech Labs
Publicado em: 1/08/2022

A tecnologia 3D com certeza revolucionou várias áreas do mercado, desde o ramo das joalherias até a odontologia. Este cenário incentiva muitas pessoas a investirem em uma impressora 3D, mas antes de comprar é necessário ter um conhecimento mínimo para não se decepcionar no futuro. 

Se você estiver interessado em iniciar nas impressões 3D, separamos algumas dicas de mestre para escolher a impressora certa e criar projetos incríveis logo de cara!

Mas antes…

Como funciona uma impressora 3D?

Ela funciona de uma maneira relativamente simples, ela divide um arquivo STL em diversas camadas para impressão. Ela precisa estar bem calibrada para você ter uma melhor precisão nos detalhes, dependendo do seu tipo de tecnologia pode demorar mais ou menos tempo. A tecnologia de impressão 3D hoje pode imprimir uma gama variada de objetos, indo desde moldagens odontológicas até mesmo chassis inteiros de carros.  

Existem dois tipos mais comuns de impressoras: as de filamento e as de resinas. A tecnologia de filamento (FDM) consiste em fundir os materiais e depositá-los em uma superfície, feito em uma extrusora para preparar a peça para a impressão, a extrusora ou a mesa se movimentam para depositar o filamento fundido através das camadas.

Já a impressão de resinas (SLA), de maneira bem resumida, consiste em criar camadas através da cura da resina líquida com luz UV , solidificando-a para criar cada camada. Este processo é repetido diversas vezes até a sua conclusão, iniciando a etapa de pós-impressão da peça, onde você vai precisar lavá-la para retirar o excesso de resinas, retirar o suporte e colocá-la para realizar a pós cura em uma câmara de UV ou até mesmo no sol. 

Qual o melhor tipo de impressora 3D para mim?

Depende do seu tipo de trabalho!

Se você busca alta precisão e detalhes com a maior definição possível, com certeza recomendamos uma impressora 3D à base de resinas, principalmente se você estiver querendo entrar no ramo da odontologia digital. 

Quais os tipos de tecnologia para impressoras 3D de resina?

Existem vários tipos de tecnologias para impressoras 3D a resinas, mas separamos os três tipos mais utilizados no mercado e as vantagens de utilizar cada um deles. 

SLA: O termo SLA costuma gerar um pouco de confusão a princípio, mas significa em termos gerais estereolitografia, em referência ao processo de fotopolimerização da resina líquida em contato com a luz.

As primeiras impressoras lançadas no mercado que utilizam resina foram as impressoras a laser, que se lançaram usando a nomenclatura “LASER SLA”, e é devido a isso que o termo gera confusão, pois muitos associam a tecnologia de laser ao termo SLA.

As impressoras LASER/SLA utilizam um laser para polimerizar a resina no formato desejado, porém como é uma luz em formato de “fio” a mesma acaba fazendo um processo muito similar ao de um desenho para fazer o processo de impressão, e devido a isso as impressoras LASER/SLA levam um pouco mais de tempo no processo.

LCD: Esta impressora utiliza uma fonte de luz UV vindo de uma série de LEDs que são emitidos através de um display de LCD que em contato com a resina líquida ela atua como uma “máscara” de proteção permitindo apenas os pixels necessários ultrapassarem por ela e assim criarem uma camada toda de uma vez.

As resinas desse tipo de tecnologia são bastante específicas, já que elas reagem muito mais rápido à luz, compensando a falta de potência da impressora.

DLP: Utilizam projetores DLP-UV para criar a imagem de cada camada. Essas projeções são vindas de uma fonte de luz UV mais potente que as demais tecnologias, aumentando sua velocidade de impressão.

Sua principal característica é a velocidade na hora da impressão, porém com um custo maior que as LCDs, mas com maior consistência em todas as etapas do projeto.

Uma característica das resinas DLP são a sua demora para reagir a luz emitida pela impressora, um ponto de equilíbrio para compensar o ganho de potência da máquina. As resinas que reagem mais rápido com a luz tem uma tendência a perder o detalhamento da impressão neste tipo de impressora.

E quando o assunto for resinas? 

A resposta você já sabe, a Makertech Labs conta com vários tipos de resina, contando com matéria prima de qualidade e sustentável, para você criar impressões cada vez mais perfeitas.

Dedicamos uma seção do nosso site para cada tipo de resina, seja ela SLA, LCD ou DLP. E caso você estiver em dúvidas na hora de escolher a sua, basta utilizar o nosso seletor, que indica a resina ideal para o seu trabalho de acordo com a sua finalidade e peça a ser impressa.

Dica bônus: Tenha disposição para aprender

Ninguém nasce sabendo, você vai aprendendo conforme tentativa e erro (e isso é bom) não tenha vergonha ou preguiça de estudar e praticar as suas próprias impressões. E caso você esteja ainda em dúvidas ou precise de ajuda, é só entrar em contato com o nosso suporte técnico, é só ligar ou mandar uma mensagem no Whatsapp: (15) 9 9116 – 0827

Aqui no nosso blog separamos também algumas dicas que vão ser bem úteis na hora da sua primeira impressão 3D, é só clicar aqui e conferir.

Posts mais lidos